Pais presentes, mais seres de valor e brio existirão neste mundo – Por Luiz de Mattos

Zelem por seus filhos, para mais tarde terem a satisfação de haver formado mulheres e homens valorosos.


Quando a maioria dos seres humanos souberem desempenhar os papeis de pais e mães, mais seres de valor e brio existirão neste mundo, hoje tão falho de pessoas de caráter bem formado, que tenham hombridade, que sejam sinceras, valorosas e saibam, sobretudo, pugnar pelo engrandecimento do seu país, pelo bem geral de todos.

Pais presentes, mais seres de valor e brio existirão neste mundo
Por Luiz de Mattos

Fonte:

As verdades que calam fundo precisam ser ditas – Por Luiz de Mattos

Nem todas as verdades se dizem", afirmam por aí, mas as verdades que calam fundo, que acordam os seres para uma nova vida, devem ser ditas.


Todos que, de posse delas, não as souberem transmitir, cometem falta grave, pois, poderiam ajudar os semelhantes.

Os pais, se soubessem como são omissos ao não incutir nos filhos as qualidades que farão deles seres possuidores de caráter bem formados, nunca deixariam de cumprir seus deveres com zelo.

A educação muito pode fazer e há pessoas bem formadas, de grande valor, devido a formação que receberam.

As verdades que calam fundo precisam ser ditas
Por Luiz de Mattos
Fonte:

O respeito aos idosos é dever de todos – Por Luiz de Mattos

O respeito aos idosos, homens e mulheres experimentados que lutaram pela vida e a souberam aproveitar, é dever de todos.


Os idosos precisam ser respeitados, merecendo sempre carinho, atenção, palavras amigas e reconfortantes.

Quando as pessoas compenetrarem-se de que têm esse dever, chegarão à conclusão de que em todos os dias e em todas as horas, os pais e os idosos devem ser amados e respeitados.

O respeito aos idosos é dever de todos
Por Luiz de Mattos

Fonte:
Livro Clássicos do Racionalismo Cristão
Biblioteca do Racionalismo Cristão

Quando a amizade é verdadeira o ambiente familiar é harmonioso – Por Luiz de Mattos

Tudo se pode fazer, dentro das normas do bom senso e da boa educação, para se ver a felicidade e a compreensão nos lares.

Não é difícil conseguir, desde que saibam ter paciência e respeito uns com os outros.

Procurem viver em paz; criem um ambiente são e amoroso para a família, saibam ser unidos, amigos uns dos outros e todos serão felizes.

Quando a amizade é verdadeira e o ambiente familiar harmonioso, há saúde, há paz de espírito, que é a maior felicidade que o ser humano pode alcançar.

Quando a amizade é verdadeira o ambiente familiar é harmonioso
Por Luiz de Mattos

Fonte:

Sigam em frente – Por Luiz de Mattos

A luta na Terra é renhida, mas, de grande valor. Quanto mais dedicação houver, maior evolução espiritual, mais saúde física, mesmo sofrendo as consequências dos distúrbios atmosféricos, da poluição, que aumenta assustadoramente.


Os que sabem levar a vida dentro da normalidade, encontram remédios para seus males.

É importante terem cuidados com o corpo físico, que serve de veículo para a alma evoluir neste mundo.

Sigam em frente, com pensamentos elevados, pés firmes no chão e sem perder tempo, pois, este não volta mais.

Sigam em frente
Por Luiz de Mattos

Fonte:

Praticar, incentivar ou ensinar a futilidade destrói a moralidade – Por Luiz de Mattos

A futilidade é sempre prejudicial; um ser fútil apenas presta-se a praticar leviandades.

A pessoa que estuda e compreende a vida, age de acordo com suas necessidades;

- precisa, invariavelmente, colocar de lado as extravagâncias e,

- não viver apenas para dar satisfação ao seu eu e às futilidades.

Aprendam, portanto, a viver com bom senso e gosto, procurem evitar tudo que for prejudicial à imagem e, sobretudo, à moral.

Praticar, incentivar ou ensinar a futilidade destrói a moralidade

Quando puserem de lado o preconceito e o fanatismo... o mundo tomará outro rumo – Por Luiz de Mattos

Não se deixem envolver pelas misérias do mundo, ajam com altivez, nunca se arrependam de praticar o bem.

Não sejam orgulhosos, nem tampouco, tenham ódio, ressentimentos e outros sentimentos que deformam o caráter.


Quando as pessoas tiverem a noção exata dos deveres, quando puserem de lado o preconceito e o fanatismo, denunciadores de espiritualidade pouco desenvolvida e agirem de acordo com sua consciência, a marcha do mundo tomará outro rumo.

Desejamos que todos tenham consciência absoluta daquilo que são para agirem com a independência do livre-arbítrio.

Quando puserem de lado o preconceito e o fanatismo... o mundo tomará outro rumo

O querer tudo tem um preço – Por Luiz de Mattos

Quem sabe querer acaba por conseguir o que deseja. Mas, esse saber tem muita diferença do querer tudo a qualquer preço, esse querer leviano e fora de propósito, que tudo inveja e ambiciona.

Só se deve querer o que é legítimo, o que é correto, o que é razoável.


Assim sendo, em um empreendimento que parece difícil, a pessoa consegue o que deseja, porque sabe querer, é constante e persistente.

A persistência, a constância, o saber querer é que levam à vitória.

O querer tudo tem um preço
Por Luiz de Mattos

Fonte:

Tudo se deve fazer dentro da razão e do bom senso – Por Luiz de Mattos

Todos devem esforçarem-se para progredir e através do trabalho, melhorarem as situações em que vivem.

Ninguém deve estacionar nem tampouco, querer subir rapidamente, sem sacrifício, esforço ou ocupar um lugar para o qual não está à altura, por falta de competência.


Na vida tudo deve-se fazer dentro do razoável, dentro daquilo que cabe nos moldes da razão e bom senso, dentro das leis comuns e naturais que tudo regem.

Fugir disso é um erro, é tornar-se mais dia, menos dia uma pessoa infeliz.

Tudo se deve fazer dentro da razão e do bom senso

O trabalho valoriza o ser humano – Por Luiz de Mattos

Todo esforço realizado com bons propósitos é coroado de êxito. Ninguém deve arrepender-se de ter-se esforçado para ser alguém e conseguir algo na vida.

O trabalho valoriza o ser humano, engrandece-o, torna-o digno de admiração.

Os indolentes, que vivem atidos aos outros, são infelizes, porque não tem força de vontade, nem tampouco, acham-se competentes para vencer na vida.

Vivem erradas as pessoas que lastimam-se, choram misérias ou que revoltam-se com tudo, porque isso enfraquece e prejudica a alma nas lutas que precisa travar na Terra para evoluir.

Para vencer, precisam de valor, ânimo forte, vontade e disposição para o trabalho.

O trabalho valoriza o ser humano

Quem trabalha vence a miséria – Por Luiz de Mattos

É preciso que parte dos seres humanos convençam-se de que o trabalho faz bem à saúde, nobilita o ser e o faz sentir-se orgulhoso, no bom sentido, em bastar-se a si mesmo.

"A educação para o trabalho é uma necessidade"


"Quem trabalha vence a miséria"

Portanto, devem saber dar exemplos de amor ao trabalho a seus filhos e nunca maus exemplos, que os levem aos maus hábitos e à degradação.

Quem trabalha vence a miséria
Por Luiz de Mattos

Fonte:

Não há coisa mais triste do que ver uma pessoa saudável agir como indolente! – Por Luiz de Mattos

Deve-se socorrer os necessitados, deve-se auxiliar os que de fato precisam, dentro de nossas possibilidades, mas, os que pela indolência, conservam-se em estado de miséria, estes
- clique para AMPLIAR -
merecem que sejam fustigados com o látego da dignidade, enchendo-os de brio, para que reajam e trabalhem, para deixarem de serem indolentes.

Esta distinção de situações, muitas vezes, não se tem sabido fazer.

Todo ser bem formado não poderá ver seu semelhante passando necessidade sem sensibilizar-se, mas, também, não gosta de ver uma pessoa saudável com pouca vontade de trabalhar, pouca vontade para vencer as dificuldades surgidas no caminho da vida.

Não há coisa mais triste do que ver uma pessoa saudável agir como indolente!

Não se pode aceitar subserviências – Por Luiz de Mattos


Cada um será o que quiser ser, dentro de suas possibilidades, desde que tenha vontade própria.

Quem se deixa levar pela vontade alheia perde a personalidade, atesta falta de caráter.

Um ser bem formado de caráter tem opinião própria, sabe o que faz, age, portanto, com segurança em seus empreendimentos, não se pode aceitar subserviências;

- a pessoa deve ser íntegra,
- possuir noção do dever,
- só dizer a verdade e,
- caminhar com firmeza neste mundo,
- seguindo o que seu sentimento,
- sua consciência e,
- a maneira de ver as coisas lhe indicarem como corretas.

Não se pode aceitar subserviências